Um evento maravilhoso – COM UPDATE: FOTOS!

12 ago

Uma tarde-noite de se guardar com carinho:
7º Festival Canta Villa do Colégio Villa Lobos.

Eu, avó, platéia, buscando analisar, de forma crítica e sincera, o desenrolar do espetáculo.

Em dois horários – o vespertino, Categoria Infantil – acolheu os alunos até o 4º ano Fundamental – com crianças até 10 ou 12 anos.
O horário noturno comportava os adolescentes, dos 13 anos até os alunos do 2º ano Médio.Dentre eles ( e todos muito compenetrados

do papel que viviam), muitos artistas.

Seriam promessas de futuros profissionais da arte de cantar?

Não importa! O que realmente importa é este momento presente, pleno de entusiasmo e vontade de agradar.
A platéia, de pais, professores, colegas, amigos, parentes e simpatizantes (sem esquecer o júri), estava ali para valorizar o dom de um

momento especial…e ela, a platéia, cumpriu com muito gosto o seu papel.Muitas vezes chegou ao delírio nos aplausos aos seus favoritos.

Fala a avó, evitando ser ” coruja”: numa seleção prévia, João(10 anos), Sandra (13 anos) e Renato( 16 anos),foram aprovados, o que deixou a família muito feliz. Só isto já nos teria deixado satisfeitos, mas eles foram além e se viram entre os cinco primeiros colocados de cada grupo, com direito a troféu e à participação do CD comemorativo.É demais para o coração de uma avó “tiete”!!!

Dou a palavra a Jucemir, um amigo da família, que não esteve presente por motivos óbvios (mora no Rio de Janeiro) mas que participou “por tabela” ao escutar o relato que lhe fiz, com muito gosto e detalhadamente…

– Já me informaram do sucesso da tarde-noite. Johnnie errou – repetiu indevidamente um trecho da letra – mas olhou firme o maestro e segurou a peteca, e tu,[Sandrinha], injustamente ficaste em 5º lugar. Júnior americanizou-se , mas se saiu bem. O relato fiel de Corujavóvis foi tão colorido que a flor [atirada por Sandrinha,à platéia], acabou caindo… Imagine… no meu quintal.

Quem sabe eu esteja na platéia no próximo festival?

Os garotos estão pretendendo colocar, na internet, o acontecimento. Esperemos…

Impressionou-me , sobremaneira, a escolha do repertório. A MPB foi ovacionada em pérolas como:

* Amor pra recomeçar (Frejat) , defendida por João Arléo
* Tarde em Itapuã
* Sá Marina, defendida por Pedro Tupinambá – 1º lugar infantil
* Xote das Meninas
* É preciso saber viver
* Não deixe o samba morrer
* Aquele abraço/Trem das onze/O samba da minha terra/ Sangrando
* O bêbado e a equilibrista/ Sampa/ Wave
* Como nossos pais (Belchior), defendida por Ester Teixeira- 1º lugar
* Sonhos( Peninha), na voz de Sandra Hoisel Arléo

Renato cantou e tocou (no violão), a música ” Sweet child of mine”, com mais três colegas:Thiago Alvim, Everton Luiz e Luana Miranda, excelentes como vocais, flauta e guitarra.Ficaram com o prêmio ” DESTAQUE”.
A Luana também conquistou o segundo lugar (intérprete) com “Hurt”.

Preciso dedicar algumas palavras aos artistas “lá de casa”…


João esteve incrível no domínio do diálogo com o maestro, na ponta dos seus olhares significativos…Não perdeu, em nenhum momento, o controle da sua apresentação.A letra de Frejat, difícil, não o intimidou e, do alto dos seus dez anos mandou ver…e convenceu! Sério e concentrado, sempre.


Renato, se apresentando pelo segundo ano consecutivo, mostrou um grande progresso no domínio do palco, do violão, da relação com seus companheiros, e até com a platéia… As garotas adoraram! Ele estava “livre, leve e solto”…Um amor!

Sandra pisou o palco, pela primeira vez, aos oito anos, e já levou
“Prêmio Revelação”, hoje transformado em “Destaque”.
A voz de Sandrinha surpreende a cada vez que que ela canta. Desde pequenininha! É uma voz grave, inesperada, suave… mas forte! Alcança notas baixas com facilidade e firmeza.
Seu quarto tem uma prateleira só para os troféus, já em número de cinco! O seu domínio de palco é de profissional…se fica nervosa não deixa transparecer. Passeia pela cena com uma segurança e elegância desconsertantes para uma figurinha de apenas 13 anos.

Na música “Sonhos” que defendeu, o seu rosto, sua expressão, acompanharam cada fase dos sentimentos revelados pelos versos.
Leveza, serenidade…”tudo era apenas uma bricadeira que foi crescendo, crescendo…” E a suave surpresa ao ver um grande amor surgir…
Quase sorriu ao afirmar “uma mudança muito estranha” no seu jeito de se dar, “quando a canção se fez mais forte e mais sentida”,e um leve sorriso aflorou em seu rosto “quando a poesia fez folia em sua vida”. Mas uma sombra cobriu o seu rosto ao reconhecer o momento em que se vê substituída no amor do seu amor…
Daí em diante, apenas o conforto de saber que, no futuro, certamente as coisas serão melhores e a felicidade está lá, esperando. A voz perde o ligeiro tom de tristeza e desabrocha plena de esperança, já envolvida em um clima de serena alegria.
Foi lindo! A platéia compreendeu e reagiu à altura…Num gesto definitivo, o cravo que lhe enfeitava os cabelos foi retirado e jogado aos participantes da platéia. Delírio total! Danadinha a garota!

Todos os participantes, inclusive a banda e o violoncelo (Eugênio – músico da Orquestra Sinfônica da UFBa), que acompanhou Sandrinha em “Sonhos”, todos eles, merecem os maiores aplausos.

Foi uma noite divina, inesquecível.



O Colégio, como sempre, merecedor de parabéns… Valeu, Amarante!

Em tempo: Carmem Miranda foi a homenageada do evento. Muito bem escolhido!

Que venham outros eventos como esse… Que o Villa provoque uma reação em cadeia… Os jovens merecem! E nós também…

Anúncios

41 Respostas to “Um evento maravilhoso – COM UPDATE: FOTOS!”

  1. Bel 11 de fevereiro de 2010 às 14:35 #

    Não sei se choro por ter perdido o show, ou se fico satisfeita com tamanha delicadeza e riqueza de detalhes do relato de “corujavóvis” (adorei o novo nome!!!)

    Já ouvi Sandrinha cantar (no TMI), e realmente é uma doçura de voz, grave e cheia, deliciosa de se ouvir!

    Parabéns a todos, aos três artistas (e aos outros que não conhecemos), à mammy, orgulhosíssima, e à vovis tiete!

    Beijos cantantes!
    Bel | 12.08.09 – 6:25 pm | #

  2. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:40 #

    Belzinha,
    se chegarem as fotos que espero, lá no email ,gostaria de passar para você incluir no blog…há tanto tempo não coloco fotos que já esqueci.
    Você faz?????

    Dinah | 12.08.09 – 7:29 pm | #

  3. Renato Arléo 11 de fevereiro de 2010 às 14:40 #

    Héé!!!
    Vóóviiis! Tenho uma surpresinha. AHUAHAU
    Meu colega, Thiago Alvim, falou com 2 jurados… E hoje foi me dizer, que o nosso prêmio, o ‘Destaque’, foi algo como ‘Acima do 1o lugar’… Porque foi muito profissionalismo nosso, bla bla bla… Daii… Ele disse que a gente só não recebeu 2 premios mesmo (Destaque + 1o lugar), porque a flauta, que se teve como principal, em sua maior parte do espetáculo, permaneceu muda…
    MAS ISTO FOI ERRO TÉCNICO DO MICROFOOONE! =D
    Entããão………. Estou eu aqui, com gosto de 1o lugar! AHUAHUAHA
    Tooooodos os jurados falaram super bem da nossa bandinha… =D
    Criamos o nome hoje… O nome é yAgora…
    A escolha não foi minha! Deixei uma lista de mais de 2o nomes, e essa foi a escolhida por unânimidade… Pra quem conhece… Coincidencia? AHUAHUHA =D
    Beiijão!
    Dia 30 a gente tá fazendo um show lá no Boomerangue!
    =D
    Beiiijos! ;*

    Renato Arléo | 12.08.09 – 7:46 pm | #

  4. Renato Arléo 11 de fevereiro de 2010 às 14:41 #

    20 nomes***

    Renato Arléo | 12.08.09 – 8:11 pm | #

  5. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:41 #

    Vai em frente, meu querido…Quero que esta nova face da tua vida só te traga benefícios e momentos felizes.
    De fato , logo no começo ouvimos bem a flauta depois eu já não notei a sua presença com destaque…mas teu violão e a guitarra foram geniais!!!!!

    Beijo no mais novo “artista” da família!!!!
    Dinah | 12.08.09 – 10:21 pm | #

  6. Sandrinha 11 de fevereiro de 2010 às 14:42 #

    Eita que minha vóvis me exautou toda aí, hein? Meu Deus! ushaushuah
    Mas foi legal sim…
    Renato se enganou, desculpe ter que desmenti-lo, mas o prêmio “Destaque” é sim a mesma coisa que “Revelação” e o “Primeiro Lugar” é uma coisa muito diferente disse, que foi muito bem colocado.

    Beijos, beijos.

    Sandrinha | 12.08.09 – 11:25 pm | #

  7. Sonia Regina 11 de fevereiro de 2010 às 14:42 #

    Querida Dinah!

    Julgava-me a avó mais coruja que existia mas esta que conheço agora além de coruja é a mais literata que já encontrei.

    Crítica perfeita digna de shows dos mais renomados.E o que foi este espetáculo que não vi mas só de ler a sua descrição já me emocionou?Visualizei a Sandrinha e toda a sua perfomance e me enterneci.

    Como um coração de avó suportou uma emoção deste tamanho?

    Se vier para a internet me avise que faço questão de assistir,e a música que a Sandrinha escolheu é muito linda e recheada de sentimento!

    Parabéns vovó e parabéns aos netos tão talentosos!

    Um beijo para todos!

    Sonia Regina.

    Sonia Regina Lomardo | 13.08.09 – 12:03 am | #

  8. Jucemir 11 de fevereiro de 2010 às 14:42 #

    …Porém, o locutor pisou na bola ao informar à platéia que “Sá Marina”(Antônio Adolfo – Tibério Gaspar) foi um sucesso na voz de Ivete Sangalo – particularmente eu nem sabia que ela havia gravado essa música – e não mencionar que a mesma foi um grande sucesso – repita-se: GRANDE SUCESSO MESMO – com Wilson Simonal, em 1967.
    Eu tinha 6 ou 7 anos e me lembro bem.A própria Dinah, que é bem mais nova que eu, também ficou indignada com a omissão.
    ……………………………………

    Correção: Johnny não errou; ele apenas achou que a letra era muito curtinha e tentou incrementá-la repetindo o tal trecho.Foi um toque pessoal, digamos.
    …Diz que para o ano que vem ele está pensando em alguma coisa um pouco mais longa: “A Triste Partida”(Patativa do Assaré).
    …………………………………..

    “Eita que minha vóvis me exaltou toda aí, hein? Meu Deus!”

    Que! Tais protestos não me enganam. Isso é falsa modéstia de futura diva.

    …………………………………….

    yAgora, José?

    Jucemir | 13.08.09 – 3:27 am | #

  9. Sandrinha 11 de fevereiro de 2010 às 14:43 #

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    né não.

    Sandrinha | 13.08.09 – 3:45 pm | #

  10. Renato Arléo 11 de fevereiro de 2010 às 14:44 #

    Presente http://www.youtube.com/watch?v=7…h? v=7BmvygOD1E0

    Renato Arléo | 13.08.09 – 4:50 pm | #

  11. Renato Arléo 11 de fevereiro de 2010 às 14:44 #

    Se um dia nois se gostasse
    Se um dia nois se queresse
    Se nois dois se empareasse
    Se juntim nois dois vivesse
    Se juntim nois dois morasse
    Se juntim nois dois drumisse
    Se juntim nois dois morresse
    Se pro céu nois assubisse
    Mas porém acontecesse de São Pedro não abrisse
    a porta do céu e fosse te dizer qualquer tulice
    E se eu me arriminasse
    E tu cum eu insistisse pra que eu me arresolvesse
    E a minha faca puxasse
    E o bucho do céu furasse
    Tarvês que nois dois ficasse
    Tarvês que nois dois caisse
    E o céu furado arriasse e as virgi toda fugisse

    [Zé da Luz] (na voz do Cordel do Fogo Encantado)

    Renato Arléo | 13.08.09 – 4:53 pm | #

  12. Renato Arléo 11 de fevereiro de 2010 às 14:44 #

    Meu show, vóvis: http://www.youtube.com/watch?v=D…h? v=DQizbFmMR2w
    =D
    MEU COLEGA COLOCOU UM ROCK PESADÃO NO INICIO. AHUAHUAHUAHA. xD

    😀 beiijos!
    Renato Arléo | 13.08.09 – 6:09 pm | #

  13. Jucemir 11 de fevereiro de 2010 às 14:45 #

    Iagora co ‘cês, “Arleuzim e os Jagunços” …
    ………………………………………….
    (Futura entrevista de Júnior no programa do Adelzon Alves, na Rádio MEC.)

    – A gente, eu e mais três amigos, tinha formado um conjunto – o yAgora – cuja proposta inicial era viajar por tudo.Você sabe: rock, MPB, world music, soul, blues, samba, axé… [Aqui Adelzon torce o nariz ao ouvir falar de axé.] E por aí vai. Mas um dia, eu fui ouvir uns CDs de minha avó, e tinha lá um tal de Luiz Gonzaga.Resultado: acho que aconteceu comigo um troço parecido com aquele que aconteceu com Brian Wilson, o líder dos Beach Boys, quando ouviu o “Sgt. Pepper’s”.O cara entrou em crise, interrompeu o “Smile”, que só saiu décadas depois, se trancou no quarto e ficou lá por uns três anos.Quando eu ouvi atentamente Luiz Gonzaga eu também entrei em crise.
    Aí eu fiquei desesperado achando que tudo que eu tinha feito não era nada. Vasculhei tudo em Salvador e acabei descobrindo “Marinês e sua Gente”, Jackson do Pandeiro, Inesita Barroso, Pena Branca e Xavantinho, Tião Carrero, redescobri Dominguinhos, um tal de Rolando Boldrim, comprei uns trezentos folhetos de cordel, juntei tudo e fui me refugiar numa palhoça lá numas terras meio abandonadas que minha avó tem em Olivença, distrito de Ilhéus -onde meu bisavô materno plantava piaçava e meu avô paterno dava aulas de História.
    Fiquei lá por uns seis meses. Minha mãe ficava desesperada, e minha tia Liane era obrigada a passar por lá quase todo dia pra saber se eu estava bem porque eu nem mais atendia celular. Computador, nem pensar…
    Quando saí de lá, formei o “Arleuzim e os Jagunços”.
    É claro que o “Arleuzim” não podia simplesmente repetir a tradição. Daí a gente acrescentou o triângulo eletrônico pra fazer contraponto ao triângulo acústico, meteu umas guitarras, teclado, mas manteve o restante: zabumba, pífaro, pandeiro, sanfona de 120 baixos (Foi difícil arranjar quem soubesse tocá-la.)
    E é isso. Agora em outubro a gente lança o novo trabalho em Jequié e depois parte pra uma turnê.
    Ah!e no ano que vem, eu, meu irmão Johnny e minha irmã Sandrinha (de Itapuã), vamos entrar no estúdio pra gravar o New Tribalists… A gente ainda não sabe muito bem o que vai sair daí mas está bem esperançoso… Sandrinha, apesar do sucesso, já estava meio cansada de tanta Maysa, Elis, Dolores Duran, Dalva de Oliveira, Elisete Cardoso…Vai ser bom pra ela.
    E Johnny, esse topa qualquer parada, não tem medo nada, nem de maestro.
    (Adelzon) – Você conhece o Jaime Caetano Brown? O Marcolino?
    -…???
    ………………………………………….. ..

    KKKKKKKKKKKK!!!!!!!!!!!!!
    Eu me divirto na canoa de Iroco… (Ou seria de Euá?)

    Jucemir | 13.08.09 – 6:50 pm | #

  14. Renato Arléo 11 de fevereiro de 2010 às 14:46 #

    Prefiro este que fizemos hoje na sala:
    ”E agora, a banda yAgora… Oxen… :O’
    ehehe
    Oxe… Já conheço Marinês, rapaz… Adooooro ela! A musica Mensagem da Flôr é linda demais! =D
    mas… sinceramente… a gente já tá pensando em recitar o Ai Se Sêsse… do Zé da Luz! HEHEHE… =D
    Jucemir… Tu já leu Morto até a meia noite? é o livro que a Meyer plagiou descaradamente. AHUAHUA
    sério, pode ver… igualzin.
    kkkkkkkkkk.. rapaz… eu juro que metade de seu texto eu n entendi P*** nenhuma… mas entendi a história… as citações que eu me imbolei todo… iai tu já sabe, neh? perdí o fio da meada, oxente…

    Eu ri. 😀
    Renato Arléo | 13.08.09 – 8:07 pm | #

  15. Renato Arléo 11 de fevereiro de 2010 às 14:46 #

    Sim, seu Jucemir… Viste o vídeo da minha apresentação? =D

    Renato Arléo | 13.08.09 – 8:11 pm | #

  16. Jucemir 11 de fevereiro de 2010 às 14:46 #

    Conta a lenda roqueira que Brian Wilson, o genial e esquizofrênico líder dos Beach Boys, ao ouvir o “Sgt Pepper’s Lonely Heart Club Band” parou as gravações do que seria o seu trabalho mais revolucionário – o álbum “Smile”- entrou em parafuso e se trancou no quarto durante mais de três anos.
    Os Beach Boys , californianos que praticamente inventaram a surf music, eram os maiores rivais dos Beatles e não os Rolling Stones – segundo palavras do próprio Paul MacCartney.
    Eu não entendo nada de música, mas dizem muitos experts que o “Pet Sounds”- dos Beach Boys – só perde para o “Sgt Pepper’s” – bastante inspirado naquele, diga-se de passagem. (Eu adoro os dois, porém ouço bem mais o “Pet Sounds”.)
    Enfim, a concorrência com os Beatles teria arrebentado com os nervos do já bastante problemático Brian Wilson. (Pelo menos é o que diz a lenda…)
    Adelzon Alves é o apresentador de um excelente programa da Rádio MEC focado na chamada música de raiz. Jaime Caetano Brown e Zé Marcolino são dois poetas populares muito mencionados por ele.
    Para Adelzon, axé music é lixo cultural…
    O triângulo eletrônico é “invenção” minha. De repente até existe…
    Quanto a Stephie Meyer, por favor, me poupa. Já paguei todos meus pecados ao ler “Crepúsculo” e “Lua Nova”.
    Que Sandrinha não nos ouça: peguei o filme (“Crepúsculo”) na locadora e não suportei nem meia hora; interrompi e levei de volta. Era muito chato.
    Ainda não baixei a apresentação, mas logo o farei.Entenda, minha conexão é discada.
    No mais, tenho certeza de que conheces bem mais do repertório de Marinês do que eu.

    Abração.

    Jucemir | 14.08.09 – 3:21 am | #

  17. Luísa 11 de fevereiro de 2010 às 14:47 #

    Jucemir, estou lhe devendo dois agradecimentos:
    Já li “As Mil e uma Noites” todo e gostei muito.
    O filme de Betty Boop também foi muito legal.
    Obrigada pelos 2 presentes.

    Luísa | 14.08.09 – 1:45 pm | #

  18. Bel 11 de fevereiro de 2010 às 14:47 #

    Coloquei o vídeo de Renato no post. Ainda estou esperando as fotos…

    Xêrinho n’ocês tudo!

    Bel | 14.08.09 – 10:13 pm | #

  19. Jucemir 11 de fevereiro de 2010 às 14:48 #

    Para o Júnior.

    Levei umas duas horas e meia para baixar a apresentação. Assisti-a por três vezes. Passei a Dinah minhas impressões e pedi que ela as transmitisse a ti. Ela parece ter concordado comigo.
    ………………………………………

    Para Luísa.

    Mas que menina lacônica…

    Abraços.

    Jucemir | 14.08.09 – 11:20 pm | #

  20. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:50 #

    Este monstro é absolutamente carente…
    Mandei recadinhos para cada um de vocês, ele enguliu…
    Mandei muitos beijos, em outra tentativa, ele comeu tudo…

    Arre égua !!!Enchi!!!!
    Agora quero que ele engula a égua!!!!!
    Dinah | 15.08.09 – 12:37 am | #

  21. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:50 #

    Ele não é besta!!!!
    Não enguliu a égua!!!!!!!!!
    Beijos!
    Dinah | 15.08.09 – 12:38 am | #

  22. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:50 #

    A pior coisa é você cometer um erro de grafia…Se ele engOlisse um mosquito tudo correria bem…mas ele não quis engOlir nem uma “égua”…aí a coisa pega…ele some de vez e não permite retificação. Esse monstro é mesmo do contra !!!!!!!!! Perdoem-me!!!

    Dinah | 15.08.09 – 11:35 pm | #

  23. Jucemir 11 de fevereiro de 2010 às 14:51 #

    Ante um erro tão clamoroso o que resta fazer?
    Penitência: rasgar as vestes e derramar cinzas sobre a cabeça.

    Jucemir | 16.08.09 – 10:21 am | #

  24. Bel 11 de fevereiro de 2010 às 14:51 #

    Pronto, a CORUJICE foi consertada. Mas devo fazer a mea culpa: Quem grafou incorretamente FUI EU, quando coloquei a tag.
    Sorry, people!

    Beijos linguísticamente corretos! (sem duplo sentido!!! hahahaha)

    Bel | 16.08.09 – 11:21 am | #

  25. Rejane 11 de fevereiro de 2010 às 14:52 #

    Eu, como mãe dos artistas, fiquei e estou em êxtase!
    Feliz da vida.
    Todos foram bem.
    A aluna que ganhou em primeiro lugar é profissional e canta em bares, sendo paga. Ela própria comentou: “Nossa que estranho, vou pagar (a inscrição) para cantar e não ser paga, como estou acostumada”. Eu, pra falar a verdade achei que ela cantou ” Como nossos pais” melhor que Elis. O nível foi altíssimo.
    Renato já ganhou um violão novo, lindo! Acústico e eletrônico, para não ter mais que pedir emprestado. Já foi requisitado para participar de 3 apresentações em lugares diferentes. Apoiarei, eu e o pai dele.
    Depois entro de novo.
    Bjs

    Rejane | 16.08.09 – 8:34 pm | #

  26. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:52 #

    UAAAAUUUUU !!!!!!

    Não sei se vocês já perceberam a maior injustiça que os humanos cometem ao se referirem às corujas…
    ELAS SÃO, NA VERDADE, AS MAIS BELAS AVES QUE EXISTEM!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    …e os meus curujinhas são maravilhosos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Beijos da vó coruja.
    Dinah | 16.08.09 – 11:04 pm | #

  27. Bel 11 de fevereiro de 2010 às 14:53 #

    Galera, mil vezes desculpem-me!!!

    Fui colocar as fotos e sei lá o que o Mr. Blogger entendeu, desandou a formatação das letras, ficaram umas grandes demais, outras muito coladas… ai ai ai…

    Pior é que vou ao médico agora e não posso passar 12h brigando com ele. Mas prometo ajeitar, no máximo, até à noite. Vão relevando aí, mas deleitem-se com as fotos – Os meninos estava (SÃO) linnnnnndos!!! Sandrinha, de vermelho e com a flor no cabelo… já mereceu comentário espercial no orkut.

    Beijos mis!
    Bel | 17.08.09 – 8:49 am | #

  28. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:53 #

    Menininha, mexe mais não!
    Não cutuca o cão com vara curta…ele pode não gostar…e adeus rosinha!!!!!

    Tenho medo dele!!!!
    Dinah | 17.08.09 – 10:40 am | #

  29. Sandrinha 11 de fevereiro de 2010 às 14:53 #

    Jucemir, esse filme é feminino só para as meninas que leram o livro.
    Beijos.

    Sandrinha | 17.08.09 – 3:48 pm | #

  30. João 11 de fevereiro de 2010 às 14:54 #

    BRIGADO!!!!!vóvis vc é muito meiga pra dizer isso pra mim…!(e pq vc colocou o texto de sandra maior que o meu????(n estou com inveja nem nada hashahshashsa

    brigado vóvis.

    um trizilhões de beijos e o triplo de abraços!!!brigado

    tchal.

    ps:minha mãe(sua filha)esta no meu lado e as vezes(as VEZES)dando rizadas..beijo e tchal.

    João, o cantor | 17.08.09 – 10:00 pm | #

  31. Rejane 11 de fevereiro de 2010 às 14:54 #

    As fotos ficaram lindas.
    Tentei mandar os videos por e-mail, mas não consegui.
    Vou pedir a Renato pra colocar os outros videos no youtube também.
    Que Sandra não leia isso…
    Bjs

    Rejane | 17.08.09 – 10:03 pm | #

  32. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:55 #

    Como impedir que se espalhem as plumas que voam, saídas de uma almofada que se rompe, no alto de uma montanha, e com vento a favor?

    Sandrinha, deixa disso, querida…

    Uma vez acontecido, adeus viola!…Ou seja…Toca violoncelo!…

    Sempre saudosa de vocês, mesmo vendo-os (ou ouvindo-os) todos os dias.

    “Amar é sede, depois de se ter bem bebido.” (J.G. Rosa)

    A vó,mãe, amiga,etc.

    Dinah | 18.08.09 – 12:26 am | #

  33. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:55 #

    Para João:
    Tamanho não é documento, ou você não seria TÃO GRANDE!
    O que vale é o tamanho do afeto!!!!!!!!!!!!!!!

    Beijo!…Grande!….
    Dinah | 18.08.09 – 12:30 am | #

  34. Jucemir 11 de fevereiro de 2010 às 14:56 #

    Pra Johnny the singer.

    O triplo de um trizilhão seria um nonizilhão?

    No mais, faço coro com teus protestos. Corujavóvis é injusta e parcial: tu cantaste a letra mais maior de grande e mais difícil, logo, merecias um texto bem grandão.
    Vai aqui uma dica pra que ela praticamente esqueça as apresentações de Sandrinha e de Júnior no próximo festival e te reserve todos os elogios: “Chega pra ela e diz assim: Vó, tô escolhendo a música que eu vou cantar mas tô em dúvida entre uma do Baden Powell com um tal de Paulo César Pinheiro, uma de Aldir Blanc com Guinga e uma de Chico Buarque.Que que você acha?”
    …Pronto, no coração de vó, vai ser Joãozinho e mais três.

    Pra Sandrinha de Itapuã.

    “…esse filme é feminino só para as meninas que leram o livro.”

    As meninas são mesmo um mistério.

    Como diz C. Veloso:
    “Mas a gente nunca sabe mesmo
    Que que quer uma mulher”

    …Mas que o filme é chatinho, lá isso é.

    Para Dinah.

    O primeiro eu batizei de Azazel, e este último, de Samael.O próximo chamarei de Belial.
    Exu se sentiu aliviado de sair da caixa que dividia com tão incômoda companhia.Agora está aqui ao lado olhando pra mim.
    ………………………………………….. ……
    Começarei pela cabocla Jupira.
    ………………………………………….. ……
    Laroyê, Exu!

    Jucemir | 18.08.09 – 7:26 pm | #

  35. Bel 11 de fevereiro de 2010 às 14:56 #

    Jucemir, que tal cantar como Chico César: “Eu sei omo pisar o coração de uma mulher. Já fui mulher, eu sei!”

    Bjooo
    Bel | 18.08.09 – 9:28 pm | #

  36. Sandrinha 11 de fevereiro de 2010 às 14:57 #

    kkkkkkkkkkkk João é uma FIGURA!
    Jucemiir, é porque assim.. só é bom pra quem se encantou *-* com Edward

    Sandrinha | 18.08.09 – 11:03 pm | #

  37. Jucemir 11 de fevereiro de 2010 às 14:57 #

    Pra Bel.

    O coração de mulher é uma mesquita, e eu sou um fiel e respeitoso servo de Alah.
    Quanto ao meu coração, ele é a Presidente Vargas (mutatis mutandis: Rua Chile, ou a Soares Lopes.) em plena hora do rush…

    Beijão.

    Jucemir | 19.08.09 – 12:27 am | #

  38. Jucemir 11 de fevereiro de 2010 às 14:57 #

    Pra Sandrinha (e indiretamente para Vóvis).

    “…é porque assim.. só é bom pra quem se encantou …”

    A fé e o encantamento. Isso me é tão estranho. Vou morrer ignorante desses mistérios.
    Ou será que tudo se resume a desejos e semióticas?

    Jucemir | 19.08.09 – 12:40 am | #

  39. Rejane 11 de fevereiro de 2010 às 14:58 #

    Pô! Isso aqui tá bombando!
    O assunto rendeu…
    Bjs

    Rejane | 19.08.09 – 12:54 am | #

  40. Rejane 11 de fevereiro de 2010 às 14:58 #

    E esse haloqualquercoisa é doido!Ainda é dia 18, antes de meia noite e ele posta dia 19 12:54 am. Cruzes!
    Vai entender…
    Ah, Sandra: VÁ DORMIR QUE AMANHÃ TEM AULA!
    Bjs

    Rejane | 19.08.09 – 12:57 am | #

  41. Dinah 11 de fevereiro de 2010 às 14:59 #

    Para o “vegetariano”:

    Não é a toa que na mesquita só se entra de pés descalços e os lugares ocupados por homens e mulheres são separados…para evitar tentações desnecessárias! Minha compreensão é muito curta para entender esses cuidados…

    Para Rejane:

    diminua UMA hora e o horário do
    haloscan será retificado…só isso!!!!!!

    Para João :

    Vou aproveitar os funcionánios do seu Pai que ainda estão trabalhando aqui no predio e mandarei construir um anexo só para guardar seus beijos e abraços…será um santuário, podes crer!

    Beijão
    Dinah | 19.08.09 – 10:52 am | #

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: